Este blog existe porque queremos partilhar com todos aqueles que estimamos e que nos estimam a nossa aventura de um ano por terras Escandinávas. Esperamos que gostem e, se tiverem tempo, comentem! Abraços e Beijinhos.

Thursday, June 22, 2006

Os Tugas Esticaram-se!...

Pois é verdade, esticámo-nos! A viagem de regresso foi maior que o que pensámos que ía ser. No total percorremos 7300 km, não tantos países como os que perspectivámos, mas no total foram 12. Para ser mais exacto: Suécia (Vaxjo), Dinamarca (Odense), Alemanha (Hamburgo e Berlim), República Checa (Praga), Polónia (Cracóvia), Áustria (Viena), Eslováquia (Bratislava), Eslovénia (Ljubliana), Itália (Veneza, Florença, Bolonha e Milão), França (Mónaco e Paris), Espanha (Barcelona e Madrid) e Portugal (Elvas, para fazer a inspecção ao carro! e Lisboa... claro!).

O MELHOR:
Gostaria de realçar 3 cidades: Berlim, Cracóvia e Veneza.
Berlim pela sua história tão recente e tão presente em todas as ruas e pela revolução urbana que se nota estar a atravessar, já lá vão 16 anos; por todo o lado há um guindaste a construir ou a reconstruir um edificio. Quem diria que esta cidade há 60 anos atrás estava completamente destruida e que à 16 anos estava divida em duas? Impressionante!
Cracóvia pela cidade em sí mas principalmente por estar a 70 km dos campos de concentração Nazis de Auschwitz, onde foram assassinados 2 milhões de pessoas. Talvez o único local do mundo onde um turista é incapaz de sorrir. Dificil de descrever em palavras pois as imagens mostram quase tudo, só não conseguimos sentir a través delas o cheiro daquela pequena cidade, o cheiro da morte proveniente dos seus 3 campos de concentracão. Mas uma coisa reteu-me a atencão, a imensidão de um dos campos, onde existiam centenas e centenas e centenas de barracões. Recomendo a todas as pessoas, principalmente porque é um local onde se aprende o valor da vida que temos.
Veneza é definitivamente uma cidade lindíssima, pela qual não devemos deixar de passar. Mesmo carregadíssima de turistas, aquelas ruelas, pontes e canais são maravilhosos. Algo que me surpreendeu foi o seu tamanho e saber que naquela ilha vivem 250.000 pessoas. Uma cidade tão única quanto Roma. Para quem esta a pensar ir a Florença, em minha opinião não vale a deslocação, assim como Bolonha, ou Milão, uma opinião muito pessoal - pelo menos mais que um dia.
Praga e Viena valem vários dias de visita, pois são cidades muito bonitas. No Mónaco expira-se dinheiro por todos os lados; a propósito, um dos maiores iates atracados na famosa marina do Mónaco, era Português. Crise??? Não, isso é só para alguns!...

O VEÍCULO:
O meu Polo de 96 portou-se lindamente, após 312.000 km e 7.300 km desta viagem, -18 graus da Suécia e 35 de Madrid ainda foi capaz de passar sem qualquer problema na inspecção automóvel em Elvas. Ganda máquina!

O PIOR:
O hotel Formule 1 de Paris, o calor arrasador de Espanha e os milhões de mosquitos do campismo de Milão. Sem esquecer, claro as "maravilhosas" autoestradas e estradas Checas e Polacas, autênticas misérias.

O CURIOSO:
Passar pela terra do Pápa João Paulo II por via de um desvio - Wadowice (Polónia) - talvez nos tenha abençoado a viagem, quem sabe?!!!
O nivel de vida de países como a Polónia e a Repúlica Checa tão oposto dos locais turísticos para o interior dos próprios países, onde a degradação é enorme e a pobreza abunda.

Resumindo, uma senhora viagem da qual guardamos enúmeras recordações, algumas delas aqui descritas. Obrigado por lerem este grande texto!

Wednesday, May 24, 2006

Até Sempre Escandinávia, Obrigado

Aos meu amigos e familiares peço desculpa por não ter actualizado mais o blog. O que se passou foi que este blog não me deixa editar mais fotos, devo ter alcançado a capacidade máxima, assim só poderia ter escrito texto o que se torna aborrecido para quem lê. (e também é preciso borrificar com uma "pontinha de preguiça"!)

O tempo, como sempre, passou a voar. Adorámos esta experiência. Só temos é que agradecer aos nossos pais por terem suportado esta aventura, a eles muito obrigado. Obrigado também aos nossos amigos por terem vindo deixar aqui uns comentários, que tanto nos deixavam satifeitos e nostálgicos. Claro que a nossa Universidade (ISCTE, pela pessoa de Prof. Crespo de Carvalho, Joana e Cristina) foi quem nos proporcionou esta experiência em conjunto com o programa Erasmus da União Europeia.

Crescemos e aprendemos!

Principalmente aprendi que os países desenvolvidos não têm só vantagens, nem tão tão pouco o nosso pequeno Portugal tem só problemas. Aprendi também que nos falta, a nós Portugueses, valorizarmos quem somos, porque é esta a receita de sucesso para o desenvolvimento.

Aos amigos que ficaram na Suécia um grande abraço, alguns deles os verei com muito gosto por terras lusas.

Obrigado também à Suécia (um país lindo e exemplar em muito aspectos) por nos receber, não diria de portas abertas, mas quase... No fundo eles são assim, isto para eles é muita abertura, a mesma hospitalidade por que somos tão conhecidos Assim, obrigado àqueles que nos ajudaram: Marie, Daniel, Marlene e Rafa.

Acabámos hoje a tese de mestrado, correu muito bem.

Domingo vamos embora, iniciar outra aventura. Com o meu Polo de 96, que os nossos pais fizeram o sacrificio de nos mandar, aqui vamos nós pela Europa abaixo. Não digo sem rumo, pois se me conhecem, isso nunca poderia acontecer. Estamos a planear a viagem: Dinamarca, Alemanha, Polónia (Auschwitz), Républica Checa, Eslováquia, Áustria, Croácia, Eslovénia, Norte de Itália, Sul de França, Barcelona, Madrid e, a melhor parte, LISBOA. Pretendemos chegar lá para finais de junho, ou melhor, até haver dinheiro ou carro!...

É hora de partir...
Um beijo e grande Abraço.

Tuesday, March 14, 2006

Copenhaga

No inicio de Janeiro fomos passar 3 belos dias a Copenhaga. Mais uma cidade muita bonita que merece uma escapadela de fim de semana. Fica a 240 km de Vaxjo, 2,5 horas de comboio.

Se não fosse o frio (entre -4 e 0 graus) a estadia teria sido ainda melhor. Pois é estava um frio horrível para andar o dia todo. Apesar de ser uma temperatura negativa, a média era 5 graus mais quente que em Vaxjo, o k nos fez desleixar um bocado e julgar que íamos passar um fim de semana de "Verão"; deste modo não levámos roupa suficiente, pelo menos no primeiro dia. Conclusão: Nunca passei tanto frio na vida!

Comparativamente a Estocolmo é uma cidade um pouco mais pequena mas talvez mais agradável de se viver, mas ao mesmo tempo mais suja. Do lado esquerdo aparece a novo edíficio da Ópera de Copenhaga e do lado esquerdo a maior atracção da Dinamarca: a Pequena Sereia. Mas na verdade não passa de uma pequena estátua a qual já cortaram e tentaram cortar a cabeça umas quantas vezes. Mas é bonita, orgulham-se de terem a estátua mais fotografada do mundo.

Uma qualidade de vida muito elevada tal como na Suécia. Reparem nos táxis na fila de trânsito...

Esta televisão bem antiga estava no museu do Guiness World Records e mostra o homem mais alto alguma vez registado. Este Americano tinha 2,72 metros!

Podem comprovar o frio que estava pela pobrezita da ave que não tinha onde mergulhar. Do lado esquerdo aparece uma das estações de metro desta cidade, se repararem bem podem ver umas portas automáticas que abrem quando o comboio pára. A propósito o metro não tem condutor e permite que se veja a frente, tipo vidro da frente de autocarro. Muito à frente...

Tuesday, March 07, 2006

SAUDADES MUITAS MUITAS

Mil perdões a todos os que consultam o meu blog pois não tenho dado noticias.

As saudades são mais k muitas. Isto nao é pera doce, e muito tempo longe de tudo... Mas lá vamos sobrevivendo a este frio k faz aqui nesta terra. Sabem? É um frio diferente, um frio que passa pelo casaco, k atravessa paredes. Não são os -5 ou -10 ou -15 graus, é um frio muito mais profundo, feito de distância e frieza entre as pessoas aqui no Norte da Europa e impulsionado pelas saudades. Mas vamos sobrevivendo. Vamo-nos distraindo com trabalho, amigos e alguns passeios.

Os meus pais passaram por ca. À espera deles estava um nevão, mas um senhor nevão. Coisa que ainda não tinhamos presenciado por esta bandas, cinco dias de tempestades de neve. Foi muito muito bom. Adorámos a companhia e as prendas que totalizaram 27 kilos, não tou a gozar. A minha mãe trouxe-nos uma mala gigante cheia de iguarias portuguesas. Foram queijos da Serra e do Alentejo, revistas para me actualizar, atum, esparguete, maionese savora, caldos knorr, natas, bolacha maria para confeccionar um maravilhoso bolo de bolacha, presunto, prendas, milho, farinheira, batatas de palha, sal grosso, alheiras, um pão para fazer umas maravilhosas fatias douradas, etc.

Entretanto temos passado bem, fomos a Roma passar uns dias, é k aqui na escandinavia é assim um pouco para o complicado passear com temperaturas negativas. E a partir de Lisboa não existem praticamente nada de companhias aéreas de low cost, além disso não se pode resistir a 65 euros ida e volta pois não?... Roma é linda, história em cada esquina e um ambiente sul mediterrânico para variar um pouco destes tótós destes escandinávos todos certinhos. Soube muito bem!

Apanhei 2 multas de estacionamento em 5 dias e com 2 carros diferentes, o que é muito bom! Eu explico. Fui fazer uma surpresa aos meus pais e fui buscá-los a Estocolmo. Para tal deixei o carro estacionado 3 dias num sitio onde dizia: "Pago apenas em lugares marcados". O problema é k durante o Inverno não se vê qualquer marcação que esteja no chão por causa do gelo e da neve; conclusão, estacionei onde achava k não estava marcado. Paga lá 40 euros que até dói! A segunda foi com um carro que alugámos para poder passear com os meus pais, é k o meu carro sem pneus de neve não resiste a um temporal de neve. Estacionei onde sempre custumo estacionar e um sacana dum sueco multou me porke estive mais 10 minutos que o k devia. Cabrão! Há-de aparecer por Portugal para lhe contar uma história.

Para finalizar estou muito feliz e entretido a trabalhar, mas ansioso por regressar. Estão todos mais k convidados para a minha festa de aniversário, é que vou a casa por essa altura. Duas notas especias. Primo Ricardo, assim que possa ponho aqui as fotos da Universidade que me pediste há tempos. Para o meu amigalhaço Arnaldo segue um grande abraço meu e um grande beijo da Carol.

Sunday, January 29, 2006

A Nova Casa


Sejam bem vindos à nossa nova casa. Um duplex de 8 assoalhadas + parqueamento para 3 carros! Estranho é só ter 34 m2 de área, bom mas isso são pormenores...
Só tinhamos a outra casa no centro da cidade até Janeiro. Se bem lembram, distava 5/6 km do campus universitário, então decidimos mudar-nos para o campus. Acertámos em cheio... É muito mais agradável, podemos ir a pé para as aulas e para a biblioteca (5 minutos). À pois, e para os bares!...



Na verdade tem só 2 divisões, mas muito bem aproveitada, tem um espaço muito bom. É bastante acolhedora, e esta linda bandeira reconforta qualquer um. A cozinha é na sala e tem mais um quarto pequeno mas suficiente. Até tenho o que sempre gostaria de ter, um "walk-in-closet", ou seja, posso entrar no armário!

A vista é muito serena. Virada a Sudeste e para um grande estábulo. É muito giro estar sempre a ver cavalos.
Por cá vamos ficar até Junho. Estão mais k convidados...

Friday, January 20, 2006

Educação Escandináva!...

Fomos passar um fim de semaninha a Copenhaga. No blog seguinte a este vou-vos mostrar este mesmo fim-de semana. No entanto queria partilhar convosco um momento único...

Não estava muito frio comparado aos -6 ou -7 da Suécia, porém estavam -1 ou -2 graus. E garanto-vos que nunca senti tanto frio na vida, pois passámos os dias a andar ao ar livre. Num dos passeios aproximámo-nos de um café/bar e vimos dois carrinhos de bébé no exterior. Até aqui tudo bem, o problema é que vimos uma criança no interior do carrinho. Sim, estes burros estavam muito relaxados a beber um belo dum cházinho bem quentinho e as sua crianças aguardavam que suas excelências acabassem.
Incrédulos, prosseguimos o nosso caminho e fomos visitar mais um museu (45 minutos a 1 hora), no caminho de regresso os desgraçados continuavam no mesmo sitio mas a chorar. Resolvi tirar uma foto, espero que consigam ver esta barbaridade (ainda se vê um braçinho do desgraçado a chorar). Os carrinhos nada tinham a ver um com o outro. E falam eles do terceiro mundo!

Thursday, January 19, 2006

As fotos que faltavam...

Olá a todos. Primeiro que tudo gostava de pedir desculpa por não ter actualizado o blog neste último mês, mas o tempo tem apertado, e tive por Lisboa. Em segundo lugar desejo-vos a todos um 2006 muito bom e continuem por aqui! Beijos e abraços.
Estas são algumas fotos de algumas aventuras aqui por terras bem geladas.


Maravilhoso assador de chouriços! Estavam -5 graus mas lá conseguimos assar um belo dum chouriço açoriano numa varanda da Suécia. Eu e o meu vizinho, o Rafa, um espanhol impecável. E quem dizia que os pastéis de Belém não estavam "franchisados"? Pois então estão redondamente enganados! A primeira loja satélite dos pastéis de Belém acabou de abrir em Vaxjo, Suécia! Na última foto podemos ver um belo almoço que fizemos em nossa casa, uma bela de uma pizza. Todos para quem cozinhamos não conseguem perceber por que é que os portugueses fazem tanta comida...


Nunca tinha visto um jogo de hóquei no gelo. Vale a pena, é uma experiência muita gira. Começou com fogo de artificio indoor. O meu lugar era numa lateral e em pé, não contente passei as 3 horas junto ao vidro por trás da baliza. É um jogo violento e muito rápido. Mas não fica nada atrás do nosso hóquei em patins. Mas faz um frio... principalmente perto da pista.

Para celebrar o "Halloween" fizemos uma bela duma abóbora. A Casal Garcia foi comprada na Suécia.
Uma matricula tão bonita, tão diferente, tão minha! Obrigado papás, tem nos dado um jeitão.

Lembram-se deste lago???????


Eu também não! Está tudo congelado porra, há semanas que não vejo uma poça de água... Mas é muito giro caminhar por cima do gelo. Até deu para recordar um pouco dos meus tempos de patinagem artística, ainda anteriores à minha passagem pelo ballet.

Após 3 semanas de solidão era neste estado que o meu pópó se encontrava. 20 cm de neve, tive de a retirar com uma pá do lixo. Mas pegou lindamente, que era o que mais ansiava.
Se tiverem oportunidade não percam esta possibilidade de conhecer um pouco de esgrima:
www.esgrimapfc.com